10.12.18

Umas das resoluções do novo ano anda à volta de maquilhagem



Uma das resoluções de novo ano passa pela maquilhagem. Sim, tenho sido altamente influenciada por todos os vídeos que me aparecem no instagram (nas sugestões de páginas que não sigo) e é como um magnetismo para mim. Grandes camafeus ficam mulheres lindas, de pele fantástica e sinto que os últimos anos trouxeram muita novidade nesta área que na teoria sei seguir, mas na prática ao espelho me deixam algumas dúvidas. Por exemplo, há anos comprei nos EUA umas pestanas extra de pêlo especial, uma fortuna, a cada festa estou desejosa de as usar, mas acabo por desistir porque não tenho experiência, fico na dúvida de estar a fazer asneira e depois parecer um bicho. Resultado, foi um investimento que nunca saiu da caixa.

Também no que respeita a base e contorno, ainda ninguém me disse que pareço uma palhaça, mas sei que podia fazer muito melhor com alguns truques e os pincéis certos. Há uma coisa que eu gosto muito que é "cada macaco no seu galho": dar ouvidos a quem tem experiência, aprender com quem sabe, em vez de andar aos tiros a ver se acerto.

Com isto em mente, há um par de meses contactei uma maquilhadora para fazer um curso particular, mas nunca me respondeu. E de repente, em conversa com a Raquel Batalha (que tem vindo a ser a maquilhadora de todas as sessões fotográficas da ROS Beachwear), percebi que presta este tipo de serviços e eu não fazia ideia!

E como me interessa a mim, interessa a muitas mulheres. Eu sei que não devem faltam mulheres que olham para esses vídeos de Instagram como eu e têm as mesmas dúvidas:

1) Workshops de grupo - a ideia é juntar amigas à procura do mesmo, tirar o melhor partido de nós próprias com ajuda da maquilhagem. Isto é um worshop prático com cerca de 2h30, não faltam mesas de maquilhagem, pincéis, várias tons dentro de cada tipo de produto (por exemplo, base), tudo para sabermos qual é que é adequada para nós. Podemos levar a nossa maquilhagem e perceber se estamos a usar os produtos certos. O valor deste workshop é de 35€ + IVA, precisa de ter no mínimo quatro participantes. Convém que todas estejam na mesma linha de conhecimentos para que seja melhor aproveitado, mas depois do nível básico, há ainda o expert e o express, todos pelo mesmo valor.

2) Workshops individual - este é mais a minha cena, acho que aproveitaria melhor sem distracções, quero a atenção toda para mim. Nesta versão aprende-se com calma, ao nosso ritmo, com acompanhamento permanente, pode ser direccionado para o que mais queremos aprender, para aprender a usar a maquilhagem que às vezes temos mas nem sabemos bem tirar partido, etc. Existe a versão exclusive, com duração de 2h e o valor de 50€ + IVA e ainda existe a versão intensive, com a duração de 4h e o valor de 80€ + IVA.

3) Personal Shopper Make Up - quem nunca chegou a uma loja e ficou na dúvida sobre o que escolher no meio de tanta oferta? A Raquel presta um serviço de personal shopper em maquilhagem em centro comercial, para ajudar a escolher os melhores produtos, as cores adequadas, as combinações mais inteligentes, as opções mais baratas e mais caras, as de melhor e pior qualidade, a cliente fica com uma lista e logo decide se compra tudo de uma vez ou aos bocadinhos. O valor deste acompanhamento de 2h é de 40€ + IVA. Pode parecer caro, mas a mim parece-me um investimento. Faz-se uma vez, ganhamos conhecimentos que ficam com a certeza do que estamos a comprar e acabam-se os receios: "será que esta base combina mesmo com o tom do meu pescoço?".  


Não tenho data, não sei quando vou fazer, mas quando fizer o meu curso dou notícias. Quanto a mim, será uma resolução de ano novo ter a certeza do que estou a fazer quando abro o kit de maquilhagem em vez de um "eu acho que sei". Apetece-me avançar com maior confiança e experimentar coisas novas. 

Podem consultar o Instagram da Raquel aqui, contactá-la por email raquelbatalha.makeup@gmail.com ou por telefone através do 914 210 773 (a Raquel trabalha em televisão, imagino que de vez em quando não consiga atender).

#nãoépublicidade






SHARE:

5.12.18

Séries: Safe




Trailer aqui

Safe é uma série Netflix muito curta de oito episódios. Podia ser um estrondo de série, até dá pena. Com alguns detalhes fáceis à parte, a história é muito boa, com um suspense de ter de ver o episódio seguinte logo depois do anterior. Do enredo, não percebemos nada e queremos saber mais, tentamos fazer deduções que são um tiro ao lado e no fim chega um resultado inesperado. Isso é excelente.

Problema: a produção é mediana, os autores são medianos, claramente houve ali um low budget que estragou um grande potencial da série. Ainda assim acho que é de ver, gostei muito.

A história desenrola-se quase toda dentro de um condomínio privado, com moradores com boa qualidade de vida e níveis de educação mais altos, vidas aparentemente normais e felizes. O Tom Delaney (Michael C. Hall, aka "Dexter") é um cirurgião respeitado e reconhecido que perdeu a mulher para um cancro, ficou com duas filhas adolescentes e a fase em que as filhas se encontram e a morte da mãe não lhe facilita a tarefa de pai. Eis que a filha mais velha desaparece na mesma noite em que o namorado é assassinado. A partir daí a série sofre voltas e voltas e prende-nos à televisão.

Eu nunca tinha olhado para o Dexter com um mau actor. Também nunca lhe vi uma obra digna de Óscar, mas nunca me tinha levado a pensar nisso. Não sei se é aquele british accent forçado que estraga tudo, se é ele que é mauzote, há ali alguma coisa que não funciona. Mas a história é boa!

Mais sobre a série aqui.




SHARE:
© A Maçã de Eva

This site uses cookies from Google to deliver its services - Click here for information.

Blogger Template Created by pipdig